Magia Estelar

Somos humanos porque observamos as estrelas ou observamos as estrelas por que somos humanos?” (Neil Gaiman)


Siga-nos também nas redes sociais, para mais informações. E já te convido para o nosso grupo de estudos, no WhatsApp! Todos os nossos links estão disponíveis aqui! Sempre que tem alguma novidade, como sorteios para os nossos leitores, seguidores e clientes, a gente comunica por lá. E, quem está no grupo fica sabendo de tudo do Bruxo de Lua em primeira mão, além de poder tirar dúvidas diretamente conosco.

E não deixa de entrar em contato se quiser contratar algum produto ou serviço. Tem um link direto para contato conosco através do WhatsApp Bruxo de Lua, caso precise de algum serviço de oraculismo, encantamento, ou magia, no geral.

Bênçãos, e boa jornada!


Magia Estelar

Do inglês, Star Magic, é o tipo de prática que lida com todos os tipos de corpos planetários e estelares, como as constelações, as estrelas e os planetas. Existem informações escassas sobre a magia estelar, o que faz com que não seja tão difundida na bruxaria. As estrelas têm consciência, e é necessário conhecê-las melhor para saber com quais você gostaria de trabalhar – ou o oposto.

Ao estudar a magia estelar, você pode começar entrando em contato com as energias planetárias do nosso Sistema Solar antes de mergulhar entre as estrelas – não é uma regra, é uma indicação. Uma maneira muito boa de fazer isso é entrando em contato com os planetas no dia e horário deles.

Em uma sexta feira, ou no horário de Vênus, por exemplo, você começa sua meditação com o planeta Vênus. A energia vai fluir muito forte entre você e o planeta.

Mas e os planetas que não regem dias?

Para esses planetas, você não precisa de um dia específico, mas precisa observar a vibração que cada um oferece. Digamos que você entra em contato com Netuno e sente uma energia de sabedoria, de paz, de meditação, por exemplo, você vai transformar isso no seu pentáculo e consagrar.

Cada planeta tem uma janela nos dias da semana, veja qual o horário desse planeta e faça a consagração nesse horário. Já para as estrelas, não precisamos nos preocupar com a questão dos dias, porém, precisamos sempre verificar se elas estão visíveis no momento que você quer fazer. É como fazer um aniversário sem o aniversariante presente. Chega a ser rude, não concorda?

O Sol na Magia Estelar

Para trabalhar com o Sol, é necessário um cuidado especial. Ele é uma estrela, porém, tem toda a persona do deus solar e pra poder trabalha-lo como uma estrela apenas, é preciso muito esforço e muita prática para conseguir fazer isso. Não recomendaria para iniciantes.

Conhecer as Estrelas é Crucial

Cada tipo de estrela (anã, branca, amarela, et cetera) projeta energia de maneira diferente, e é necessário conhecer a estrela e definir como você a sente. Se dissermos que determinada estrela emana energias de amor, por exemplo, você pode tentar se conectar com ela e a sua visão de amor não coincidir com o que ela emana e você achar que “não deu certo”. O melhor é você descobrir por si mesmo. Uma pergunta muito frequente é se estrelas tem um lado negativo. É bastante possível sim, mas para ter certeza de qual é qual, apenas conhecendo. Essencialmente, estrelas são fontes constantes de luz. É importante também considerar que algumas estrelas na verdade já morreram, não existem mais, mas nós ainda vemos seu brilho. Existe também um conceito chamado “estrelas sombrias.” São energias estelares que não são visíveis. São sensíveis, mas não visíveis. Você sente aquela energia, procura o céu todo, mas não tem nada ali. Ou pode estar tão distante que não dá para achar. Também são consideradas sombrias as estrelas do submundo, que são totalmente diferentes das do nosso plano.

Para mais informações sobre Magia Planetária, clique aqui.

Estrelas Reais

Existem quatro estrelas “guardiãs”, também conhecidas como Estrelas Reais. As guardiãs são extremamente importantes. Acredita-se que nada acontece sem sua observação ou consentimento. Muitos costumam abrir círculos mágicos evocando-as.

  • Aldebaran, o olho da constelação de Touro, regente do elemento Terra e guardiã do Norte ou do Leste;*
  • Fomalhaut, na constelação de Aquário, regente do elemento Ar e guardiã do Leste ou do Norte;*
  •  Regulus, na constelação de Leão, regente do elemento Fogo e guardiã do Sul;
  • Antares, na constelação de Escorpião, regente do elemento Água e guardiã do Oeste;

*Se você se guiar pela posição das estrelas, Aldebaran é a guardiã do ponto cardeal Leste e Fomalhaut, do ponto cardeal Norte. Porém, se você se guiar pelo elemento que cada uma rege, é o oposto: Aldebaran corresponde ao Norte e Fomalhaut, ao Leste. Tenha isso em mente quando trabalhar com elas.

Existem bruxes estelares que argumentam que a estrela Sirius seria uma quinta estrela guardiã, pois os antigos egípcios a consideravam como a estrela que representava Ísis e indicava o novo ano.

Chaves

As chaves são uma maneira de se conectar diretamente com o corpo estelar ou planetário. Você pode utilizar essa energia em rituais, feitiços, proteções, poções… As possibilidades são infinitas. Ao criar uma chave é muito importante que você medite com o corpo estelar em questão, deixe claro sua intenção e ouça o que ele tem a dizer a respeito. Você pode fazer chaves com objetos, como chaves, varinhas, ferramentas. Coisas que para você simbolizem algo que abra portais. Para criar uma chave, você precisa meditar com aquele planeta, estrela ou constelação e deixá-los cientes do vínculo que está fazendo com essa chave. É muito importante que eles estejam de acordo com a proposta. Então, você energiza a chave e a consagra. Quando você quiser utilizar essa energia, pode traçar o círculo mágico, e abrir a conexão por essa chave, como se estivesse abrindo mesmo uma porta e vai convidar essas energias pro seu círculo.

Uma opção é o uso de pentáculos, seja como símbolo ou como instrumento. Você pode desenhá-lo em uma cartolina e colocar um símbolo que você associa com aquela constelação ou planeta. Algumas pessoas deixam moldes prontos, mas o melhor seria você fazer o seu traço, com a sua simbologia. Ele vai funcionar da mesma forma que você usaria as chaves descritas acima. No caso de planetas, você pode fazer no dia e horário deles. Não é indicado fazer um pentáculo para todos os planetas. O melhor é que cada uma dessas chaves seja única. Se você criar uma chave pra Netuno e usar para entrar em contato com Marte, por exemplo, pode ser até que Marte responda, mas pode não acabar como você espera. É como se você ligasse para o telefone da casa de um amigo seu, mas na verdade quer falar com seu outro amigo que mora em outra cidade. Não faz sentido.

Outra opção muito boa é unir uma estrela à outra, como se estivesse ligando pontos. Você visualiza onde cada uma está e traça uma linha entre elas como se estivesse criando uma constelação. Aí você faz o seu sigilo com esse símbolo que desenhou, consagra e ativa.

Idéias de Como se Usar as Chaves

Na comida! Isso mesmo, na comida. Digamos que você esteja tendo dificuldade em ter harmonia com uma pessoa. Aí Você pode desenhar uma chave de uma estrela que pra você representa energias de harmonia, comunicação, et cetera. (Neste caso, o pentáculo seria bem mais fácil.) Pode desenhar no papel arroz, que muitas vezes é usado para comidas que vão ao forno, e à medida que a comida vai cozinhando, ela vai se enchendo do poder contido naquela chave. Outra opção é fazer esse desenho com cobertura ou com molho.

Você também pode usar essas energias com cristais, vinculando-os  aos corpos estelares e planetários que desejar. Você faz um pentáculo, ativa e coloca sua pedra no centro. Para pentáculos de planetas, o melhor é fazer no dia referente a esse planeta. Para estrelas e constelações, o mais indicado é conferir se estão visíveis. Depois disso, quando for fazer feitiço, ritual, poção, o que for, você pode usar esse cristal para potencializar a energia.

As Estrelas Como Guardiãs

Pedir a uma estrela que proteja você ou sua casa, divide opiniões, pois nem sempre elas estão visíveis. O mais seguro é criar um tipo de bateria através de chaves. Você cria uma para cada estrela ou planeta, une eles em um feitiço de proteção e adiciona esse poder ao seu escudo. Assim ele pode funcionar como uma fonte de energia extra pro seu escudo pessoal, que pode inclusive ativar um segundo mecanismo de reação a um ataque, devolvendo essa energia de volta pra quem o enviou. Sim, energia estelar também pode ser usada para ataque. A magia em si é neutra, é possível carregar um item de energia estelar ou unir a energia de uma estrela com outra e direciona-las em um ataque. O que é bastante diferente de convencer uma estrela a atacar alguém. Inclusive não é aconselhável. Não estamos falando de uma  micro-esfera de energia, estamos falando de uma fonte gigantesca de energia viva e consciente!

Estrelas de Poder

Cada um de nós, independente de crença, religião, ou nacionalidade, temos uma estrela só nossa. Ela é parte de nós e somos parte dela. A cada encarnação, ela começa a nos procurar pelo universo, e quando a encontramos, ela mergulha em nós e nós mergulhamos nela.

Assim como a estrela de poder, também temos constelações com as quais nos identificamos mais, gerando um elo muito forte. Para encontrá-las, você deve observar o céu, viajar por entre todas as estrelas e constelações e encontrar aquela que vibra junto com você. Eventualmente, você vai sentir uma conexão forte com alguma delas ou mais de uma. Medite com elas, receba a energia que elas te oferecem, se alinhe com o seus poderes e as invoque como suas guardiãs ou mentoras. Depois de estabelecer um contato frutuoso com elas, os seus resultados vão ser muito valiosos.

As Constelações do Zodíaco

Trabalhar com as constelações do zodíaco é um trabalho gratificante, porém bastante cansativo, pois são constelações extremamente complexas. O melhor modo para viver essa experiência mais proveitosamente é trabalhar com elas à medida que o ano avança. Assim que o Sol entrar naquela constelação você inicia um trabalho de vivência com ela. Também é possível se guiar pela Lua, mas pela Lua Nova, nunca a Lua Cheia, pois quando o sol está em um signo, a Lua Cheia está em seu signo oposto!

Ao trabalhar com constelações, tenha em mente que cada uma delas tem uma história. Heróis, divindades, et cetera. Chamar por aquela divindade, ou herói, o que estiver em sua história, vai ajudar e muito a conexão com ela. Você pode inclusive receber a energia deles no seu ritual. Existem divindades que tem conexão direta com estrelas, como Astréia, Nut, Nyx, Arianrhod, Hécate e Aset, além de diversos outros que têm ligações indiretas com constelações.

Banimento com Magia Estelar

Você pode realizar banimentos através das estrelas também. Basta que você medite, entre em contato com a estrela e envie o que quer banir para que seja queimado em seu interior. Outra opção são os buracos negros. Eles são maravilhosos para magia de banimento. Primeiro você precisa procurar por um. Assim que encontrá-lo, vai fazer seu caminho até ele, mas, em hipótese alguma chegue muito perto. Depois, atire o que quer banir lá dentro.

Aviso: Não realize banimentos com buracos negros de cabeça quente. Uma vez que você joga algo lá dentro, já era, praticamente não existe mais, e é praticamente impossível desfazer um banimento desses.

Pessoas Estelares

Não existe (ainda) um conceito formado do que vem a ser uma pessoa estelar (do inglês star person). Uns clamam que são reencarnações de estrelas. Algo que ainda não foi totalmente comprovado. O que já se tem comprovado é que algumas pessoas têm uma vibração fortíssima com determinadas constelações ou estrelas. Todos temos material de estrela em nós, portanto não é impossível de encontrar uma pessoa estelar, mas tem indivíduos que passam a vida inteira sem nunca desconfiar disso.

Cuidados com Magia Estelar

Não use magia estelar para coisas triviais. Isso na verdade se aplica a muita coisa na magia, porém, Quando você lida com estrelas, tenha em mente que é fonte de energia. Ela não tem freio. É um ser de milhares de anos. Os corpos planetários já são mais tranquilos de trabalhar. Estrelas gostam de brilho, trazer coisas a tona, expor, criar, aquecer, unir.

Perguntas Importantes

• Quais as melhores constelações para se trabalhar, como iniciante em Magia Estelar?
Isso varia muito. Segundo Naelyan Wyvern, as melhores constelações para iniciantes na magia estelar são: As Três Marias, O Cruzeiro do Sul e As Plêiades (As Sete Irmãs) e não podemos esquecer que existem quatro guardiãs estelares, também conhecidas como as estrelas reais.

• Em áreas rurais a conexão com estrelas é melhor?
Há pessoas que afirmam que viajar para uma área rural aumente a conexão com as estrelas. Isso faz bastante sentido, mas, não é uma regra essencial. Se você sente que funciona pra você, vá na fé.

• Quero criar um altar para estrelas, como faço?
Você pode montar seu altar com coisas brilhantes, de cores vivas e exuberantes. Os instrumentos que parecem trabalhar melhor com magia estelar são varinhas, cajados, pentáculos, chaves, et cetera. Segundo Naelyan Wyvern, estrelas gostam muito de música. Elas vivem em local de silêncio absoluto e música as agrada muito.

• Magia draconiana e magia estelar são a mesma coisa?
Não. São dois tipos de magia que se complementam muito bem, mas não são a mesma coisa. Quem estuda qualquer uma das duas, vai, eventualmente esbarrar na outra. Existe um clã de dragões estelares que carregam suas mensagens através das estrelas, mas não fazem parte da vertente da magia estelar.

• Posso tentar capturar uma estrela para usar seu poder?
Não recomendo. Primeiro porque não estamos falando de uma fogueira, uma chama branda, estamos falando de uma forma de energia massiva. Não é uma ideia inteligente. Segundo porque nenhum tipo de serviço escravo é bom, pois não carrega aquela egrégora de algo livre, de boa vontade, gera um karma terrível que eu não desejaria para ninguém. Além do mais, existem mil opções para quem é criativo. Se você quiser a energia dela, pode usar as chaves ou pode criar um amuleto, como as nebulosas engarrafadas. Você consagra da mesma maneira que uma chave e carrega contigo.

• Existe algum tipo de Encantamento pras estrelas?
O mais popular é: “Primeiro estrela que vejo, primeira estrela brilhante, atendei ao desejo que faço nesse instante.”

• O sacerdócio estelar é um sonho ou uma realidade?
Sacerdócio é um conceito mais para uma ordem ou tradição, aí você seria sacerdote daquela ordem que pratica magia estelar. Se tornar um bruxo/mago estelar é perfeitamente possível através do estudo e convívio com elas.

• Estrelas Cadentes realizam desejos?
Uma das maiores dúvidas de quem inicia seus estudos em magia estelar é se uma estrela cadente realiza mesmo desejos. É possível sim, especialmente porque o conceito de uma estrela cadente é a magia estelar em movimento absurdo. Você pode captar essa energia, como se fosse uma bateria e usar ela pra impulsionar em um objetivo seu.

Nox Ásteris

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua


Referências:
● “Star Magick” – Aileen Daw.
● “Magia Estelar” – Blog Sinfonia da Lua.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s