Magia do Mar

O Mar tem extrema importância em diversas culturas, e até mesmo os povos que não gostavam dele, o respeitavam. Vamos conhecer um pouco mais sobre como acessar a energia do mar, através de suas representações e simbologias para fazer magia.


Siga-nos também nas redes sociais, para mais informações. E já te convido para o nosso grupo de estudos, no WhatsApp! Todos os nossos links estão disponíveis aqui! Sempre que tem alguma novidade, como sorteios para os nossos leitores, seguidores e clientes, a gente comunica por lá. E, quem está no grupo fica sabendo de tudo do Bruxo de Lua em primeira mão, além de poder tirar dúvidas diretamente conosco.

E não deixa de entrar em contato se quiser contratar algum produto ou serviço. Tem um link direto para contato conosco através do WhatsApp Bruxo de Lua, caso precise de algum serviço de oraculismo, encantamento, ou magia, no geral.

Bênçãos, e boa jornada!


Sobre o Mar

O Mar é visto como um local de extrema espiritualidade em algumas correntes mágicas… para os povos celtas, o além-mar era uma representação de um dos outros mundos, o mundo dos espíritos dos mortos, os antepassados. Creio eu que não somente pelo fato de que se você fosse muito a fundo no mar, provavelmente chegaria ao mundo deles, o mundo “além da nona onda”. (Risos.)

Em outras culturas, também, o mar também tem imensa importância, especialmente nos locais onde há rotas marítimas de transporte de mercadorias, ou de turismo. E isto, desde tempos remotos, pode ter contribuído muito para a atribuição de propriedades mágicas, divindades, forças, ou poderes ao Mar. Em algumas civilizações o Mar é aclamado, visto como provedor de alimentos (peixes, crustáceos, frutos do mar, no geral), em outras, temido, visto como assustador. Mas, inegavelmente, há muita beleza nele. E poder. Basta apenas abrir os olhos, da alma, para poder enxergar.

A Praia

Antes de falar de Magia do Mar, precisamos falar da praia. É um local extremamente energético, pelo simples fato de que, nela, os quatro elementos convergem, se mostram presentes. Ao mesmo tempo em que você tem a areia representando a Terra, você tem o Mar, representando a Água, os ventos, por muitas vezes fortes e rápidos, representando o Ar, e pode perceber o Fogo através do calor do Sol, e há quem ainda faça uma fogueira. Então, é possível notar os quatro elementos principais em um local de imensa acessibilidade para alguém que, ao menos, more perto do litoral.

Quem mora um pouco distante da praia, pode ter um pouco mais de dificuldade de se conectar com a energia do mar, pela presença. Mas, sabendo que o mar é água, e que tenhamos água acessível, também dá para se conectar com a energia, correto? Correto! Através de uma conexão com o elemento Água, podemos acessar água, através da água.

A Lua

Há registros de práticas mágicas que consistiam em algumas ervas maceradas, curtidas em água do mar, onde a mistura era oferecida à Lua, como sinal de devoção, sendo esta tida como divindade.

É importante citar que a Lua tem uma imensa ligação com o Mar, afinal, é o seu ciclo que controla as marés, e funciona da seguinte forma: quando a Lua está mais próxima da Terra, a sua força gravitacional atrai mais água para o ponto mais próximo na Terra de onde ela se encontra. A fase lunar, ou o período em que se encontra a maré pode ser um excelente agregador de energia a qualquer feitiço. Especialmente quando feito na presença do Mar.

Para mais informações sobre Magia Lunar, clique aqui.

Como se conectar com o mar?

Primeiramente, sentir sua energia. Observar o movimento das ondas, ouvi-las quebrar, sentir a areia molhada, sentir as ondas na pele, molhar os pés na água do mar, caminhar à beira-mar, perceber a imensidão do mar, observar o brilho do Sol ou da Lua na água, sentir os ventos… todas estas coisas são métodos de se conectar com a energia do mar, quando se está perto do mar. E quando se está longe?

Divindades

Uma boa maneira de manter uma conexão efetiva com o mar, é ter uma ligação com alguma divindade marítima. A lista é imeeeeeeensa, não brinco, mas aqui separei alguns nomes, talvez os mais conhecidos entre as divindades marítimas de diversas culturas.

Afrodite (grega), Anfitrite (grega), Ikatere (maori), Kanaloa (havaiano), Mannannan Mac Llyr (celta), Mardöll (nórdica), Matsu (chinesa), Netuno (romano), Njörd (nórdico), Oceano (grega), Poseidon (grega), Pontus (grego), Rán (nórdica), Ryujin (japonês), Salácia (romana), Samudra (hindu), Tritão (grego), Varuna (hindu), Vênus (romana), Yemanjá (iorubá).

Vale muito a pena conhecer um pouco mais delas, e talvez, chamar para um contato, em uma meditação ou visualização.

Altar Marinho

Ter um altar marinho é, com certeza, uma ótima ideia para quem tem ou deseja ter uma conexão mais direta com o mar. É importante citar que tudo o que for retirado da natureza, da praia, deve ser feito com imenso respeito.

Em algumas culturas, é prelúdio de má sorte, levar algo do mar para si. Então, aja conforme sentir melhor, mas tenha a certeza de sempre contribuir de alguma forma, desprender um pouco de energia para “pagar” pelo que você está pegando. Que tal fazer uma limpeza ou coleta de lixo, no local onde vai pegar alguma coisa? Ou ofertar algo seu para o Mar? Um fio de cabelo, ou uma lasca de unha, e coisas do tipo.

Você pode inclusive ter um altar para alguma divindade marinha, se se sentir confortável ou tiver necessidade disto. Abaixo, uma lista de ingredientes mágicos que podem ser encontrados em ambiente marítimo.

Itens Mágicos / Ingredientes Marinhos

• Areia de Praia
Entre todos os ingredientes, a areia é, talvez, o mais acessível. Porque, afinal, é só chegar e pegar!!! É extremamente energética, porque permaneceu muito tempo em contato com os quatro elementos, adquirindo para si as energias conjuntas deste. Você pode utilizar a areia marinha para purificar, traçar círculos mágicos, e muito mais. Alguns dizem que ela pode ser um substituto para terra de cemitério, dependendo do que for feito.

• Água de Mar
A água do mar tem propriedades excelentes de purificação. É basicamente água e sal, mistura que é utilizada desde os tempos remotos para purificar. Desde pessoas, a ambientes, a objetos, criaturas, et cetera.

• Conchas
As conchas são sempre associadas com proteção, porque, afinal, sua principal função é proteger o que está dentro delas. Algumas, as bivalvias por exemplo, são associadas ao amor, por serem conchas duplas, que se fecham, se completam. Agora imagine uma parede energética de proteção feita apenas com conchas. Você pode fazer isto! Pode pegar a maior quantidade de conchas que conseguir, fazer um círculo ao redor de algo, e visualizar uma parede de proteção ao redor daquilo a ser protegido energeticamente. Pode inclusive, utilizar uma concha para traçar um Círculo Mágico. E também, pode colocar conchas no seu altar para representar a conexão com o mar, ou com o Elemento Água, já que elas surgem no mar, na água.

• Pedras Marinhas
No mar também há pedras, afinal, a água envolve a Terra. Então, é muito comum ver pedras nas praias, pedras estas que podem representar tanto o Elemento Terra, quanto o Água. É comum que estas sejam utilizadas na feitura de oráculos, também, já que pela água se dá a maior conexão com a intuição, o inconsciente.

• Fauna e Flora
Ossos ou dentes de peixes, corais, chifres de narvais, algas, e várias outras representações da fauna e da flora marítima podem ser utilizadas como ingredientes mágicos. Não abuse, trate com respeito aquilo que vem do mar. Espacialmente se é ou foi algo vivo.

• Madeira à Deriva (Driftwood)
Você já deve ter visto várias vezes aquele pedaço de madeira à deriva, teimoso, por sobre as ondas do mar, naquele vai e vem. Bom, é interessante pensar que apesar de ter vindo de uma árvore específica, o contato daquela madeira com a água do mar, a imbuiu de energias que ressoam com ela, desde então. Provavelmente deve estar levemente escurecida, e talvez bem mais leve do que aparentemente deveria, mais maleável… transformada. Madeira à deriva pode ser utilizada para canalizar a energia do local de onde foi encontrada – e carregada, logo, a madeira à deriva retirada do mar, certamente poderá canalizar com maestria a energia do mar.

A minha varinha, a primeira e mais estimada, achei na praia. Não estava à deriva, mas a achei na areia. E foi amor à primeira vista, sabe? Quando eu a vi, senti que tinha que fazer daquele pedaço de pau uma varinha, e assim fiz. Dei um nome a ela que me lembra de onde veio, e da força que pode ter. Sou muito afoito em pensar, que o universo a tinha preparado exclusivamente para mim! E sou grato!

• Vidro Marítimo
O vidro é basicamente sílica e minerais derretidos e depois solidificados, em algo novo, diferente. Até aí já podemos ver o vidro como uma analogia de transformação. O vidro marítimo, mais ainda, porque já passou por mais etapas de transformação. Além de ser um misto de materiais derretidos e solidificados, já foi algo que foi descartado, desgastado pelo atrito com a areia, passou por processos químicos naturais do oceano, perdeu a sua afiação e pedaços de si, mas se tornou algo mais belo e cheio de simbologias. É extremamente energético e, além da energia dos elementos aos quais foi submetido, traz consigo uma ideia de transformação. podendo ser canalizada em um ato mágico.

• Cristais / Minerais
Apesar de alguns não virem exatamente de lá, alguns cristais ou minerais possuem conexão com o Mar, seja por afinidade energética ou associações. São eles: abalone, água-marinha, jaspe-oceânico, pedra-da-lua, pérola. E a maioria delas tem o uso baseado em cura ou processos de beleza.

Brevemente aqui, teremos uma tabela de correspondências de cristais, metais e minerais bem completinha.

Feitiços Simples Relacionados ao Mar

●Encha um frasco de vidro, coloque as suas mãos sobre ele e mentalize o seu desejo, desprendendo e emitindo energia sua para a água. Derrame no mar, pedindo às ondinas que carreguem o seu desejo do ponto onde está para a realização.
● Visualize uma concha de energia ao seu redor, ou em um local, para protegê-lo.
● Escreva algo que deseja banir na areia da praia e observe as ondas apagarem e levarem aquilo para longe, enquanto se concentra em banir.
● Se precisar de uma direção, medite diante de um farol. Feche os olhos, ouvindo o som das ondas do mar, e deixe-se levar pela visualização, utilize a sua intuição.
● Utilize água do mar em processos de cristaloscopia. Leia mais a respeito clicando aqui.
● Entalhe ou desenhe símbolos mágicos que representem alguma situação em conchas e jogue ao mar, pedindo pela realização daquele desejo.

Luã Musi

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua


LINKS INTERESSANTES:
● “Sea Sorceress” – Sea Sorceress;
● “Seven Ways to Use Beach Magic” – ThoughtCo.;
● “Sea Magic” – JesterBear/Aradia;
● “Resources for Sea Magic” – The Magus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s