Amarração Amorosa

Primeiramente, meu conselho é: não faça. Segundamente, boa leitura!


Siga-nos também nas redes sociais, para mais informações. E já te convido para o nosso grupo de estudos, no WhatsApp! Todos os nossos links estão disponíveis aqui! Sempre que tem alguma novidade, como sorteios para os nossos leitores, seguidores e clientes, a gente comunica por lá. E, quem está no grupo fica sabendo de tudo do Bruxo de Lua em primeira mão, além de poder tirar dúvidas diretamente conosco.

E não deixa de entrar em contato se quiser contratar algum produto ou serviço. Tem um link direto para contato conosco através do WhatsApp Bruxo de Lua, caso precise de algum serviço de oraculismo, encantamento, ou magia, no geral.

Bênçãos, e boa jornada!


Não confundir com Magia de Nós, apesar semelhança. Em um nó, você, certamente, amarra. Ata. Junta. Liga, até que desfeito seja. Este é um tópico muito discutido na comunidade pagã. É certo? Bom, não cabe a mim dizer. É preciso entender que há manifestações mágicas muito além da minha definição de ética ou moral, enquanto uma pessoa pagã.

Já antecipo que você chegou aqui querendo saber como fazer, não vai encontrar esse tipo de informação nesta postagem. Paz! E este não é um serviço que realizamos na Bruxo de Lua, enquanto conjuradores. E aliás, nos posicionamos de forma contrária a qualquer tipo de magia que fira o livre arbítrio de outrem. O intuito deste post é falar um pouco a respeito, mostrando o que muitos teriam como vantagem, e as desvantagens, tanto para quem faz quanto para quem é amarrade.

Amarrar magicamente não é difícil, embora não seja trabalho amador, se você souber como será certeira! Mas vale a pena? Os cons superam os pros?

Sobre a Amarração

Uma colega de outro caminho mágico, trouxe o tema para debate em um grupo de estudos que participávamos. Ela comentou que quando se amarra a vida de alguém, tudo se torna tão preso que nada anda na vida da pessoa amarrada. E por não enxergar nenhuma “luz” ou outro caminho, a vítima só enxerga a quem está amarrada amorosamente. É como se, esta visse, na pessoa a única “saída”, sendo que somente afunda, e na grande maioria das vezes sem entender nem mesmo o por quê.

De uma maneira fria, é vantajoso – até certo ponto – apenas para a pessoa que decidiu amarrar, enquanto for conveniente para ela, ter a pessoa amarrada perto. Imagine restringir as vontades de outra pessoa, de modo a minar todas as suas ações, fazendo que esta “prefira” permanecer ao seu lado, o que talvez nem lhe desperte sentimentos bons… Mas, e se a pessoa que optou pela amarração se cansar de quem amarrou? Vai precisar arrumar uma forma de lidar com isto, afinal, fazer é uma coisa, e desfazer… bom, aí já são outros quinhentos! Como nada é feito sem consequências, uma vez feita, quem fez que lute.

Ao amarrar alguém, se traz as linhas da “teia vital” desta pessoa para junto das suas, conectando ambas, e fadando ambos indivíduos ao convívio forçado, mesmo que a nível emocional, somente – como se isto fosse pouca coisa. Muitos dizem que o tempo para que uma magia de amarração se “dissolva” normalmente, sem intervenção mágica, é sete anos, em média. Agora imagine permanecer sete anos com uma pessoa nos seus calcanhares. Mas, é consequência, né?

Indícios de Amarração
  • A pessoa amarrada não consegue se livrar de pensamentos que lembram a quem ela está amarrada, não importa o que faça;
  • Ciúme excessivo da pessoa que amarrou, podendo resultar em agressão, à menor paranoia;
  • Sentimento de tristeza ou frustração por não estar perto da pessoa, mesmo que todas as situações tornem impossível a presença no momento;
  • A pessoa se sente sugada, cansada, sempre que está perto, e ao mesmo tempo não consegue se distanciar;
  • Não sabe nem mesmo o motivo de sentir vontade de estar perto.

Como Livrar de uma Amarração

Se você não tem experiência com magia, não asseguro arriscar: outra pessoa mais experiente poderá te ajudar de forma mais eficaz. Não tente mexer com o que não entende, ou pode piorar.

Contudo, se sente que consegue fazer, aqui vai uma dica: cada crença, ou conjunto de crenças, vai ter uma ritualística característica, e certamente vai divergir do modus operandi de outra espiritualidade. Podem te recomendar um banho poderoso, ou uma entrega, sacrifício pessoal em forma de oferenda a alguma divindade (geralmente relacionada ao amor, podendo ser do seu culto pessoal, preferencialmente)… Jejum espiritual, e/ou sexual, de drogas… Cada caso é um caso.

Antes de tudo, assegure-se de que realmente está sob o efeito de uma amarração. Caso contrário vai apenas gastar uma enorme quantidade de energia, e sem motivo, e vai estar mais vulnerável. Utilize um método oracular ou mancia, para checar. E se preserve, e evite sair contando e dando informações. O que ninguém sabe, ninguém interfere, e ninguém vibra interferindo.

Procure uma possibilidade dentro das suas crenças. E se pertencer a uma religião ou culto, faça conforme é feito por lá: se você é umbandista, por exemplo, não faz sentido procurar um método do budismo (?), ou vice-versa. E, muito importante, se você tem uma pessoa que atua como dirigente espiritual, em quem pode confiar, peça ajuda e siga seus conselhos.

Seja paciente. Não apresse-se para obter resultados em um período curto de tempo. Faça com segurança, e bem feito, para ter o melhor resultado.

Luã Musi

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua

3 comentários sobre “Amarração Amorosa

  1. Primeiramente, ótimo post. Muito esclarecedor e organizado. Gostaria de saber se caso eu saiba que uma pessoa está sofrendo amarração, teria como eu desfazer essa amarração sem a vítima ficar ciente? Gratidão desde já.

    Curtir

    1. Obrigado!!!
      Há sim, como desfazer, sem que a pessoa saiba. Entretanto, aí, você interferiria no livre arbítrio da pessoa também… e geraria um paradoxo: desfazer a interferência de outra pessoa, interferindo e violando a “integridade astral” da pessoa, também.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Luã Musi Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s