Magia Culinária

Quem não gosta de cozinha, bom bruxo ou boa bruxa não é!


Siga-nos também nas redes sociais, para mais informações. E já te convido para o nosso grupo de estudos, no WhatsApp! Todos os nossos links estão disponíveis aqui! Sempre que tem alguma novidade, como sorteios para os nossos leitores, seguidores e clientes, a gente comunica por lá. E, quem está no grupo fica sabendo de tudo do Bruxo de Lua em primeira mão, além de poder tirar dúvidas diretamente conosco.

E não deixa de entrar em contato se quiser contratar algum produto ou serviço. Tem um link direto para contato conosco através do WhatsApp Bruxo de Lua, caso precise de algum serviço de oraculismo, encantamento, ou magia, no geral.

Bênçãos, e boa jornada!


Cozinha e Bruxaria

Se você não sabe cozinhar, o que diabos – trocadilho infame – está fazendo na bruxaria? Já começo assim, pra chacoalhar mesmo.

Misturar ingredientes em uma poção ou feitiço é muito, mas muito semelhante a cozinhar. No contexto mágico, não é somente “fazer a comida”, é cuidar dela, desde o momento em que ela está sendo colhida (se for o caso), passando pelos processos de feitura, e mesmo bênçãos, até ser servida e consumida.

Comida abençoada é outro nível, meu amor. Você por acaso, já colocou alguma bênção em um alimento? É fácil, mas não deve ser considerado algo simples: é pura magia. Já pensou imantar um alimento com magia e partilhar com alguém?

Cozinhar não é somente juntar um monte de comida e temperos em uma panela, e esperar que saia ótimo. Apimentar ou salgar demais pode deixar um alimento incomestível. Se fisicamente, você já sente, imagine energeticamente. E se você não estuda a sua receita, provavelmente, vai sair algo péssimo.

Tem gente que tem o dom de cozinhar, por exemplo, e faz de algumas verduras uma sopa maravilhosa com facilidade. Cozinhar estimula a criatividade, e quanto mais se cozinha, melhor a cozinha fica. Cozinhar é, também, criar. Já criou alguma receitinha?

E a cozinha é o coração de uma casa. É nela onde são feitos os alimentos, que nutrem e trazem vitalidade. E é um lugar que você só abre para os mais íntimos, preste atenção.

Bênção da Cozinha

Abençoe a sua cozinha para torná-la um ambiente sagrado. É uma consagração, de fato. Então, a partir do momento que fizer isto (caso seja importante para ti), trate-a como sagrada. E a mantenha limpa, sempre que preciso. Tanto física quanto energeticamente.

Para abençoá-la, purifique-a energeticamente, coloque representações dos quatro elementos em um lugar estratégico. Consagre a sua cozinha com uma prece, que pode ser esta a seguir.

“Abençoada seja esta cozinha, com a energia dos elementos. Fogo, Terra, Ar e Água. Que os alimentos aqui preparados, nutram física e espiritualmente quem os consumir, trazendo saúde e energia. Assim seja e se faça. Está feito.”

Altar de Cozinha

Uma das coisas interessantes de se fazer em uma cozinha é a confecção de um altar, utilizado especificamente para propósitos relacionados à cozinha mágica e alimentos. Você pode reservar um cantinho em destaque e colocar as coisas importantes para você, na sua cozinha, temperos especiais, instrumentos mágicos – sabia que uma colher de pau pode ser consagrada como uma varinha?

Você consagra aquele cantinho, abençoa com uma prece parecida à anterior, e sinta-se livre para colocar o que fizer sentido para você. Pode colocar uma representação dos grãos que você mais consome, para agradecer pela prosperidade que entra em sua casa. Pode honrar seus ancestrais, e divindades, com oferendas das comidas e bebidas que você cozinha. Uma boa ideia é colocar nele alimentos abençoados.

Como Abençoar um Alimento

A maneira mais simples de fazer isso é elevar sua vibração e impregnar o alimento com uma boa intenção. Muita gente faz isso, e nem se dá conta. Já pensou naquela canja que às vezes nem está tão gostosa, mas te coloca de pé depois de um resfriado? Isso é muito maternal, aliás… ou avito, se assim preferir – tive que pesquisar o adjetivo relativo a avós, no dicionário; Bruxo de Lua também é cultura. (Risos)

Voltando ao assunto, você pode mentalizar, enquanto faz o alimento, que ele trará bênçãos a quem consumí-lo. Saúde, disposição, boa fortuna, bem-estar… especifique, para descomplicar. Combine as ações energéticas dos temperos, ou alimentos que for utilizar com o poder da sua intenção para melhores resultados.

Outra maneira de fazer, ou de reforçar, é verbalizar, depois do alimento pronto ou durante seu preparo, um encantamento que direcione a sua vontade à energia que você espera que aquele alimento emita:

“Que este alimento traga saúde e cura a quem consumí-lo. Assim seja e se faça. Está feito!”

Caso queira ser ainda mais específice, pode direcionar a prece a alguém, dizendo o nome dela enquanto abençoa o alimento e direciona a energia que está colocando.

Se você tiver uma varinha, pode abençoar emitindo energia com ela. No preparo, ou após pronto. Caso queira, pode deixar um pouco no seu altar de cozinha, para receber mais energia.

Preparo de Poções

Não é nenhum mistério que um dos carros chefes da bruxaria é o preparo de poções. Já falamos disto em um post, leve em consideração os parágrafos a seguir.

Tenha um caldeirão (ou outro recipiente devidamente consagrado) para lidar com poções do tipo, única e exclusivamente. É uma recomendação muito importante… Não é higiênico e nem interessante, energeticamente falando, utilizar o mesmo caldeirão que você usa para queimar coisas para cozinhar dentro dele. Imagine a quantidade de resíduos físicos e energéticos que você pode vir a colocar na sua poção. Lembre-se de limpar, purificar, e lavar e secar bem depois do uso, principalmente se o seu caldeirão for de ferro, ou pode enferrujar facinho.

Caso faça uma poção cuja pretensão é durar mais de alguns dias, guarde-a de forma segura e correta, para que não seja submetida a impurezas, e venha a estragar. A forma mais interessante de fazer isso é em um recipiente de vidro que possa ser fechado hermeticamente.

E certifique-se de listar tudo o que tem nela, caso a poção deva ser repassada a outra pessoa, até mesmo os pequenos detalhes. Pessoas podem ser alérgicas a um dos ingredientes. Isente-se de causar dano ao invés de ajudar.

DICAS:

  • Procure um guia de ações energéticas de ervas, plantas e vegetais.
  • É também interessante tentar introduzir PANCs no seu cardápio. PANC é uma sigla para Plantas Alimentícias Não-Convencionais. Mas cuidado, para não pegar qualquer planta que vir pela rua e querer colocar num alimento.
  • Se você puder cultivar os seus próprios alimentos, e/ou temperos, melhor ainda. Pode ter certeza que o seu cuidado agregará mais energia pessoal às suas bênçãos de alimentos com estes ingredientes.
  • Faça um varal de ervas para secá-las, caso ache interessante.
  • Consagre uma colher de pau como varinha.

Luã Musi

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua

4 comentários sobre “Magia Culinária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s