Magia de Espelhos

Desde os tempos remotos os espelhos despertam encantamento e deslumbre, e, por vezes, repulsa. Aguçam a vaidade, afirmam a beleza, ou são os piores algozes de quem possui algum motivo intrínseco para não gostar de olhar superficialmente para eles. Você consegue ver além do reflexo?


Siga-nos também nas redes sociais, para mais informações. E já te convido para o nosso grupo de estudos, no WhatsApp! Todos os nossos links estão disponíveis aqui! Sempre que tem alguma novidade, como sorteios para os nossos leitores, seguidores e clientes, a gente comunica por lá. E, quem está no grupo fica sabendo de tudo do Bruxo de Lua em primeira mão, além de poder tirar dúvidas diretamente conosco.

E não deixa de entrar em contato se quiser contratar algum produto ou serviço. Tem um link direto para contato conosco através do WhatsApp Bruxo de Lua, caso precise de algum serviço de oraculismo, encantamento, ou magia, no geral.

Bênçãos, e boa jornada!


Espelhos Naturais

Primeiramente, quando falamos em “espelhos”, para a magia, estamos falando de quaisquer superfícies capazes de produzir reflexo. Ponto. Tenho certeza que você já ouviu falar do mito de Eco e Narciso, da mitologia grega. Para encurtar a história, uma poça de água, ou rio, ou lagoa, ou até mesmo a água em um copo, pode se tornar uma ferramenta poderosa nas mãos de uma pessoa que pratica a magia de katoptron. Esta palavra tem origem grega, e significa “espelho” ou “vidro de se olhar”.

Design sem nome

Espelhos Fabricados Industrialmente

Os espelhos mais comuns, atualmente, são feitos em três camadas. A camada do meio é uma película de metal super polida, geralmente de prata, que é colocada entre uma superfície de vidro, que vai firmar o espelho e proteger essa camada “do meio” de possíveis arranhões que possam danificá-la; e a camada traseira, feita de material escuro, e opaco, para que a luz não seja refletida a partir dela, ou vazada para a camada de vidro. Geralmente, a camada traseira é uma tinta impermeável pulverizada.

Design sem nome (1).png

Espelhos Semi-Artesanais

Gostaria de falar brevemente sobre este tema. Espelhos semi-artesanais são uma boa opção para quem trabalha com magia. Primeiramente pelo processo de confecção, que se dá de forma o mais manual possível. Eu me arriscaria a dizer que é quase impossível ter um espelho totalmente artesanal, até porquê, é necessário que o vidro, que vai servir como o material refletor, tenha um polimento muito bom, para que a camada metálica possa ser vista de forma eficaz… e isto é algo quase que totalmente impossível de ser feito “em casa” e de forma manual. Entretanto, nada impede que qualquer pessoa possa customizar um espelho já pronto, e colocar nele, sua energia, agregando a ele, elementos que tenham a ver com o seu propósito final. Lembrando sempre de purificar, consagrar e selar. Falaremos sobre selar mais à frente.

12

Portais Mágicos & Selamento

Nunca devemos esquecer que espelhos são portais mágicos. E como portais, coisas podem passar através deles. Tudo bem que, não de forma literal! Não é como se fosse possível atravessar fisicamente um espelho e aparecer em outro local. Porém, como portais energéticos, os espelhos são ferramentas poderosas de direcionamento de energia. E imagine só, ter uma fonte de acesso direto a você, à sua casa, à sua imagem, e/ou à sua energia! E o que você faz para impedir isto? Sela. Ou seja, você “fecha” um espelho, de modo que este não possa ser utilizado como um portal energético, ao menos que decida trabalhar com ele desta forma.

Quando você sela um espelho, é como se colocasse uma cortina mágica nele, filtrando tudo o que não deseja que passe, de um lado, ou de outro, enquanto “coberto” por esta cortina. Também é possível cobrir fisicamente o espelho, com um tecido que impeça totalmente a luz de passar, simples assim. E o tecido também deve ser consagrado para esta função. Se o espelho não reflete nada, não pode ser utilizado magicamente como um portal.

E falando sobre reflexos, lembra que tudo o que reflete sua imagem pode ser utilizado como um portal contra você? E já vimos que superfícies molhadas também, não é? Imagine ser alvo de um ataque energético durante o banho, ou ao pegar uma panela bem areada, ou até mesmo ao olhar por uma janela. Pode soar um pouco paranoico, mas tenho certeza de que você vai passar a cuidar melhor do seu reflexo.

Uma dica que te dou é criar um sinal de mão, ou posição, ou palavra, para proteger o seu reflexo, e sempre que se vir em um espelho, ativa essa proteção. Também, sempre reforçar seus escudos mágicos. E veja bem, pode designar um espelho para ser o espelho-mestre da sua casa, por exemplo, que nada mais é que “promover” um espelho a guardião de todos os reflexos da sua casa, ou propriedade, de forma que todos os espelhos, ou seja, todas as superfícies refletoras neste perímetro, não possam ser utilizadas contra você.

Design sem nome (2)
Mas, de fato, como selar?

Existem várias maneiras de fazê-lo, cada uma indo de acordo com a crença de quem lida com espelhos magicamente. O mais aconselhado é purificá-lo, e depois, projetar sua energia neste, com intenção de que o espelho não atue como um portal energético. O mesmo serve para designar um espelho como espelho-mestre. Entretanto, procure outras fontes, e faça da maneira que faz mais sentido para você, com muito respeito e cuidado. Magia de espelhos não é brincadeira. Aliás, nada que é feito magicamente é.

Você pode criar uma poção para selar, ou selar com um sigilo, traçando sobre o espelho com uma tinta mágica, óleo, ou até mesmo canetinha ou giz. Só cuidado para não arranhar o vidro.

Espelho Pessoal

Como o nome diz, é um espelho de trabalho mágico. Pessoal, e intransferível. E inclusive, é mandatório que este espelho seja de serventia apenas para o seu portador. Por que? Porque é neste espelho que você “coloca o seu reflexo”, um espelho “puro” (?), a partir do momento que você o consagra para servir como “portador do seu reflexo” e sua ferramenta de trabalho. Ou seja, outras pessoas não devem olhar nele por descuido seu, apenas quando isso seja necessário ou quando o espelho tiver essa função programada. Não vou falar nada de magias que sejam ativadas intencionalmente quando as pessoas olharem nele.

Cuidado! Como dizia a magista contemporânea, clarividente, sensitiva, astróloga, numeróloga e fonte de um monte de memes da atualidade, SenseMárcia, “Larga de ser doida!Não vai “botar” literalmente o teu reflexo em um espelho. Tenha bom-senso, e responsabilidade mágica. A regra número um da magia é: não faça nada que você não saiba desfazer!

11
Como Consagrar um Espelho de Uso Pessoal

Utilize a técnica que desejar, tendo em vista que um espelho pessoal é um instrumento mágico de uso exclusivo seu! Precisa fazer sentido para você, obviamente. Dá uma olhada no post de consagração se sentir que precisa de ajuda para fazê-lo.

Geralmente, depois de “construir” o seu espelho mágico, você vai imbuí-lo com algo que possa ligá-lo a você, como por exemplo, algum fluido corporal seu. Saliva, por exemplo. Sangue??? Se sentir-se seguro para utilizar, faça. Caso não, não faça.

Depois de purificar, você consagra, criando este elo entre vocês. E enquanto o faz, determina que será uma ferramenta mágica sua, para o seu uso, e sela a ligação espalhando por ele o tal fluido escolhido. Cuidado para não exagerar. Umidade é um dos principais inimigos de espelhos.

Em seguida, já aproveite para selá-lo magicamente. Como uma ferramenta mágica, sinta-se livre para experimentar e fazer magia utilizando-a, sempre com respeito e cuidado.  E sempre que precisar recarregar o seu espelho, faça o mesmo procedimento. Para reafirmar sua ligação com este. Busque mais material a respeito, esta postagem tem como principal objetivo dar um ponto de partida, mas a jornada é por sua conta.

1

Você também pode consagrar um espelho de uso público, mas como outras pessoas terão acesso a ele, talvez não seja a melhor opção, afinal, ele ficará exposto aos mais diversos tipos de energia, e como tem um elo direto contigo, podem utilizá-lo para te afetar.

Espelho Negro

Apesar do uso de espelhos negros ser modestamente recente, comparado às diversas práticas mágicas existentes, seu uso na bruxaria é notável desde sempre. São utilizados mais comumente em divinação, embora possam ser utilizados como portais para os mundos inferiores (não, você não vai, literalmente, entrar no espelho e dar de cara com o capeta, ou espíritos, ou deuses) ou outras dimensões.

Quando se percebe que eles têm mais utilidades que apenas cristaloscopia o leque de possibilidades de usos mágicos se abre. Também podem ser utilizados como portais de comunicação com espíritos. Quem nunca ouviu falar em espíritos se mostrando, ou até mesmo tentando contato, através de espelhos? Ou até mesmo presos, dentro de um espelho?

Os espelhos, no geral, são conhecidos por serem portais dimensionais. O que diferencia um espelho negro de um espelho comum é que, este último propicia uma experiência de imersão na sombra (brevemente um estudo mais amplo sobre) de forma mais intensa. Por não ser totalmente nítido, já que sua pretensão e uso é em um local escuro, o próprio ambiente contribui para que, focando seus olhos em um ponto dele, enquanto o usa, o inconsciente possa acessar o plano do abaixo.

O espelho negro recebe este nome, primeiramente por ser, de fato, um espelho escuro. É basicamente, uma superfície escura capaz de criar um reflexo, que pode ser um vidro pintado de preto de um dos lados, ou uma lâmina de cristal negro polido… a exemplo, obsidiana. É muito comum espelhos negros feitos de obsidiana, entretanto, não é algo barato.

Como fazer um espelho negro?

Para quem não pode ter um espelho de cristal, pode simplesmente pegar um pedaço de vidro transparente e aplicar tinta preta em uma de suas superfícies. Quer mais facilidade ainda? Ache um porta-retratos que te agrade e faça este procedimento. Se for de madeira ou metal, a moldura, melhor ainda. Tenha certeza de limpar muito bem antes deste procedimento, sobretudo magicamente, purificando. Pela praticidade, eu recomendaria tinta spray preta. Depois disso, é só deixar secar bem, e montar novamente, com a superfície limpa para o lado “de fora”. Pra que dificultar, não é mesmo?

Assim, terá um espelho negro pronto para ser consagrado, o que deve não deve ser feito de qualquer jeito. Já pensou ter um portal para os mundos inferiores aberto pertinho de você? Delícia, né!? Vai nessa…! Dizem por aí que “a ocasião faz o ladrão“, que rouba quando encontra facilidade… já na bruxaria, a burrice faz a vítima, das próprias ações sobretudo. Tome cuidado! Não faça nada que não sabe desfazer. Não crie nada que não consiga destruir. Não pague pra ver!

Cristaloscopia

(Scrying)

Cristaloscopia engloba toda e qualquer forma de divinação envolvendo olhar em espelhos. Mais uma vez, lembremos que, para a magia qualquer superfície capaz de refletir é um espelho. Basicamente, a cristaloscopia consiste em olhar para um espelho, e através disto intuir ou perceber coisas. Seja recebendo imagens mentais, pensamentos não-aleatórios, ideias, sugestões, entre muitas coisas, práticas muito comuns de scrying, termo pelo qual a cristaloscopia é conhecida mais abertamente.

Quem é que não conhece a figura da bruxa que olha através de uma bola de cristal e aconselha? Infelizmente, o folclore popular associou a cristalomancia, que é a cristaloscopia através de bolas de cristal – não confundir, a charlatanismo. Culpa de quem faz magia de qualquer jeito, sem responsabilidade, e bota em cheque a credibilidade de quem trabalha de forma séria.

É possível trabalhar com bolas de cristal de forma oracular, afinal, são espelhos de cristal! Certamente, não é algo simples. E, obviamente, cada pessoa, ou grupo, ou tradição mágica, pode utilizar técnicas que só precisam fazer sentido para quem participa “do mesmo rolê”. A pessoa sabe do significado, o espelho sabe, e o Universo sabe, e fim.

Outras técnicas de cristaloscopia envolvem a observação de padrões na imagem refletida, ao verter sobre esta algum líquido, ou composto, ou material, ou simplesmente mexer a água com as mãos ou outra ferramenta mágica. Por exemplo… jogando ervas, ou pingando cera derretida de uma vela, e observando que imagens se formam a partir disto. E então a pessoa interpreta os “agouros” que são os significados e/ou correspondências das imagens que se formam.

Exercícios para Trabalhar a Cristaloscopia

• Coloque-o frente ao seu rosto, e busque dentro dele. É como se olhasse para dentro do espelho, sendo necessário estar centrade, e preferivelmente depois de algum exercício para melhorar a intuição.

•Cubra-o com seu hálito, até que ele fique embaçado, e observe as formas que podem aparecer enquanto o calor o faz desembaçar.

Dicas de Magia com Espelhos

14

• Colocar uma vela em cima de um espelho, voltado para cima, para que o reflexo intensifique o brilho, e, desta forma, a ação desta vela, que deve estar perfeitamente consagrada CUIDADO! O calor da vela pode estourar o espelho, quando o fogo se aproximar do vidro!

• Colocar vela em frente a um espelho, para aumentar o propósito de reflexão da luz e da magia.

• Colocar velas em frente a um espelho (desde que todas as velas sejam refletidas por ele) para “dobrar” a quantidade de velas e o desprendimento de energia;

• Visualizar em seu reflexo, em frente a um espelho preferencialmente consagrado, evidências das qualidades que deseja que sejam percebidas em você de forma a deixá-las mais em evidência, ou que sejam percebidas de forma diferente. Se você usa óculos, talvez seja interessante retirá-los, para olhar diretamente para o espelho.

Perguntas Importantes

• O espelho precisa ter uma moldura?
É interessante que tenha, na minha humilde opinião. Mas isso não precisa ser via de regra. Uma moldura te faz segurar um espelho sem tocar nele diretamente, o que é, de certa forma, interessante para certos tipos de práticas mágicas, onde você não deseja que a sua energia se mixe à do espelho.

• Quais as dimensões que um espelho para magia deve ter?
Isso varia muito de acordo com a prática mágica na qual ele será utilizado… para glamour, por exemplo, o ideal é que seja um espelho onde você possa ver toda a parte que quer encantar… já para refletir e propagar melhor a energia em um altar, por exemplo, é interessante que todo o altar possa ser refletido. Caso isso não seja possível, é interessante fazer com que o espelho ao menos “veja” todo o altar… para isso, você segura o espelho e “mostra” para ele, apontando em sua direção.

Luã Musi

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua


LINKS:

6 comentários sobre “Magia de Espelhos

  1. eu sei que é possível ver alguém específico através do espelho e ver ela pelo espelho dela, se as duas pessoas fizerem isso, vira uma vídeo chamada por espelho? se isso for possível, pode me ensinar? eu juro que não é piada.

    Curtir

    1. Olá, Sophia.

      É certo que cada pessoa pode ter várias reações mágicas diversas ao realizar magia com espelhos. Algumas pessoas intuem, outras vêem com um olhar astral, outras pessoas escutam coisas ao olhar para o espelho, e tem até mesmo quem tenha sensações físicas diversas.

      Infelizmente, eu não conheço uma maneira de poder fazer uma “videochamada” mágica. E também, no que cabe à minha percepção, não acredito ser possível.

      Mas, ainda bem que temos acesso à internet e dá pra fazer chamada de vídeo no Whatsapp nesmo, não é? (Risos.)

      Bênçãos. Boa jornada!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s