Tintas Mágicas

Para desenhar sigilos, símbolos, para se pintar, para energizar… quem diz é você!


Siga-nos também nas redes sociais, para mais informações. E já te convido para o nosso grupo de estudos, no WhatsApp! Todos os nossos links estão disponíveis aqui! Sempre que tem alguma novidade, como sorteios para os nossos leitores, seguidores e clientes, a gente comunica por lá. E, quem está no grupo fica sabendo de tudo do Bruxo de Lua em primeira mão, além de poder tirar dúvidas diretamente conosco.

E não deixa de entrar em contato se quiser contratar algum produto ou serviço. Tem um link direto para contato conosco através do WhatsApp Bruxo de Lua, caso precise de algum serviço de oraculismo, encantamento, ou magia, no geral.

Bênçãos, e boa jornada!


Tintas Mágicas

Muito pouco deve ser preciso falar a respeito. Como o nome diz, uma tinta é um líquido com algum tipo de pigmento, que pode ser utilizado para marcar formas, letras, sigilos, ou o que quer que seja.

Já quando se adiciona a magia a esta equação, temos uma tinta mágica, que pode ser vista como uma poção, já que deve ser devidamente consagrada, e pode vir a produzir um efeito mágico de acordo com sua composição e/ou coloração. Uma tinta mágica pode ser feita para impregnar poder em um desenho, ou simplesmente para marcá-lo em um objeto ou localidade. Você pode simplesmente tingir um objeto, e ao fazê-lo, impregnar nele a energia da poção que o coloriu, levando em conta seus materiais e cores.

Para mais dicas sobre como fazer uma tinta, leia o post Poções & Elixires.

Ingredientes mágicos para tintas

• Carvão & Cinzas

O carvão é um excelente ingrediente para se utilizar como catalizador nas magias. E uma tinta pode ser feita muito facilmente, misturando carvão triturado a um pouco de água. Quanto mais fino o pó da tritura do carvão, mais homogênea será a tinta. Obviamente, a coloração será bastante escura, e pode ser utilizada ritualisticamente em magias que tenham a ver com todas as simbologias associadas ao carvão e à cor preta. Você pode simplesmente utilizá-la para desenhar símbolos mágicos, tanto em si, quanto em objetos. As cinzas, como o nome sugere, podem criar uma tinta de cor acinzentada, em uma mistura com água.

Assim como o carvão, as cinzas têm uma simbologia de transformação muito marcante, além de ligação com o mundo dos mortos, por simbolizarem um estágio final da madeira, após a queima.

• Farinha de Trigo

Assim como as cinzas, a farinha de trigo tem uma ligação muito forte com o mundo espiritual, por simbolizar o entre-mundos. A farinha já deixou de ser trigo, mas ainda não está no seu estágio final: um pão, por exemplo. A farinha pode ser utilizada como pigmento de coloração branca, especialmente, em magias que podem ter ligação com espíritos, fantasmas, e o mundo inferior.

Ao adicionar pigmento de outra cor à mistura de farinha e água, fica muito fácil fazer diversos tons de tinta.

• Frutas, Folhas, Flores (…)

Certamente, frutas, folhas e flores podem ser utilizadas para fazer tintas naturais. Seja deixando-as de molho, macerando ou processando para extrair os pigmentos, ou até mesmo fazendo infusões. É interessante, neste caso, adicionar algumas colheres de vodca, na mistura, para que o álcool conserve melhor e impeça que apodreça. Sem contar que o cheiro da fruta pode ficar um pouco mais marcante na tinta, assim. Pode até mesmo utilizar um pouco de farinha de trigo para espessar a mistura e facilitar o trabalho de espalhá-la.

Não existe fórmula certa, para fazer uma tinta. É como fazer um suco ou chá, você usa a proporção de material que desejar, sabendo que com a variação pode resultar em algo mais ou menos concentrado e espesso.

Uma tinta muito famosa, especialmente no nosso Brasil, muito utilizada por povos indígenas é feita à base de urucum. Em diversas variações, os frutos do urucum são macerados e em seguida fervidos em água ou óleo, para que liberem o pigmento que vai dar cor à tinta.

Algumas seivas podem ser utilizadas como tintas. A clorofila em geral, por exemplo, pode ser a base de uma tinta verde muito bonita. Entretanto, é necessário atentar para o fato de que nem todas as coisas que a gente encontra na natureza podem entrar em contato com o corpo, ou mais precisamente algumas áreas dele. Muito menos, serem ingeridas. Algumas plantas possuem compostos venenosos e nocivos à pele, e muitas podem ser irritadiças ao ponto de causarem danos severos. Muito cuidado! Conheça aquilo que você utiliza para evitar surpresas desagradáveis ou emergências médicas.

• Sangue

O sangue pode ser utilizado como tinta, diluído ou não. Especialmente em situações onde a pessoa deseja se ligar diretamente ao que marca, com ele. Algumas gotas (e nada mais do que isto) podem ser utilizadas em poções com o intuito de consagrar um objeto como item pessoal. Muito cuidado! Caso queira ou precise, uma dica é utilizar uma agulha esterilizada para fazer um pequeno furo em um dedo da mão que usa menos, de modo que o incômodo será menor, e a recuperação se dará mais rapidamente.

• Qualquer corante

Sim, literalmente, qualquer coisa colorida da qual você possa extrair cor. Mais uma vez, passe nesta postagem se tiver dúvidas sobre como extrair cor através de uma infusão ou maceração. Você tem a total liberdade de utilizar quaisquer ingredientes que achar interessantes. Experimente, sempre com cuidado.

Dê preferência aos produtos mais naturais.

É possível adicionar corantes industriais, mas sempre aposte nos hipoalergênicos. Conheça o que coloca em suas tintas, para evitar surpresas desagradáveis.

Dicas, Cuidados e Precauções

• Tintas mágicas são, como o nome diz: mágicas. Devem ser consagradas como tal, ou então serão apenas imitações. Não precisa que sejam consagradas em um rito super elaborado, só lembre de destiná-las magicamente ao seu uso.

• Armazene em recipientes de vidro: são fáceis de lavar, esterilizar e não pegam cheiro ou coloração com facilidade em caso de reutilização.

• Tintas à base de água duram menos, a água tende a evaporar. Quando feitas à base de álcool são chamadas de tinturas, e tendem a durar mais, pelo fato do álcool conservar melhor. Com base oleosa, podem durar muito mais até.

Luã Musi

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s