Proteções Mágicas

Sabe aquele olhar que suga energia? E aquela pessoa carregada que nos deprime ao menor contato? E aquele lugar que só de passar perto te arrepia sem nenhuma razão óbvia? Como lidar com tudo isso?

Nem todas as pessoas, os lugares, objetos ou coisas com os quais temos contato são livres de energias que possam nos influenciar, afetar, ou atingir (em casos piores, de forma nociva). Por isso, é preciso saber se proteger. Muitas vezes a nossa proteção (e a de outras pessoas) depende unicamente do nosso conhecimento. E proporcionalmente, quanto mais soubermos, mais opções teremos de nos proteger. Aqui um pequeno guia de como se livrar de carga energética nociva!!!

Primeiramente, para qualquer método que dependa de objetos mágicos, é necessário que você consagre o determinado objeto para o propósito de proteção.


Boas-vindas, caminhante pela penumbra! Clicando aqui você chega direto no nosso grupo do WhatsApp. Por lá você fica sabendo das novidades antes de eventualmente virem para o blog. A propósito, clicando aqui você acessa todos os nossos links.

Bênçãos, e boa jornada!


Proteções Mágicas

As mais diversas formas de proteções mágicas se dividem e se misturam em Limpeza, Proteção (propriamente dita) e Repulsão.


• Limpeza (ou Purificação): É uma maneira de obliterar energias nocivas, desnecessárias ou simplesmente paradas. Todas ao mesmo tempo, ou seletivamente. É possível purificar com água, com fumaça, com cristais, com sons, energia vital, energia arcana, energia divina, enfim… você pode conferir mais maneiras muito eficazes clicando aqui.


• Proteção: Como o nome implica, a proteção propriamente dita se dá através da criação de barreiras com algum tipo de energia. Enquanto existe energia para mantê-las, as barreiras permanecem de pé, impedindo que o alvo sofra qualquer ataque. Como a luz de uma vela protegendo da escuridão, até que se consuma.


Repulsão: Este método de proteção consiste no uso de objetos, materiais ou energias que repelem outros tipos de energias, seres, entidades ou espíritos. Como exemplo, alho contra vampiros – energéticos, inclusive; pé-de-coelho e olho-grego contra azar; glicínias contra demônios – um salve a quem pegar essa referência; e assim sucessivamente.

Como se proteger?

As maneiras mais eficazes de proteger são, primariamente, antecipando ataques mágicos e agindo preventivamente; e anulando quaisquer energias nocivas lançadas a você. Abaixo, falo um pouquinho de diversas maneiras de se proteger magicamente… dentre elas, técnicas, amuletos e patuás, evocações, encantamentos e verbalizações, e feitiços. Com certeza haverá algo útil a você.

Água

Tão simples, não é? Primariamente, a água pode ser utilizada para proteger magicamente. Folcloricamente, é dito que espíritos não conseguem atravessar grandes quantidades de água corrente, e estas funcionam como uma barreira contra estes e demais malefícios, purificando o que cruza. Muitos templos eram construídos à beira – quando não acima – de rios, para que os espíritos não pudessem cruzar a correnteza. Água colhida durante uma tempestade é um ótimo ingrediente para expulsar energias nocivas. E qualquer recipiente de água, com a adição de sal grosso, se torna munição poderosa para exorcizar, purificar e banir. Pense na água consagrada como um líquido bastante “concentrado” em energia, que ao ser adicionado a mais água, imanta esta última com suas propriedades, se misturando e se “diluindo” nesta.

Apanhador de Sonhos

Também conhecidos como “encanto da teia-de-aranha” (the spiderweb charm), e de origem nativo-americana, os apanhadores de sonhos funcionam como redes mágicas. Ou, se preferir, teias mágicas. São feitos tradicionalmente em argolas de madeira, nas quais um cordão é tecido, formando o padrão de uma teia. Muitas vezes são enfeitados com cristais ou outros símbolos sagrados. Colocados à cabeceira da cama ou acima do local de dormir, quando devidamente consagrados, filtram os sonhos, impedindo pesadelos. Também impedem que pessoas possam utilizar o mundo dos sonhos para causar algum tipo de dano ou realizar algum ataque mágico.

Alarme Mágico

Uma boa forma de proteção reativa é criar alarmes mágicos (sonoros ou visuais) para te alertar sempre que algo energeticamente nocivo acontecer. Dentro de sua prática mágica, em estado alterado de consciência, destine energia a um encantamento, verbalizando que “sempre que determinada situação acontecer determinada coisa te dê um aviso”. Por exemplo, “sempre que minhas proteções mágicas precisarem de reforços, que eu sonhe com isto” ou “sempre que eu receber algum ataque mágico, que a pimenteira comece a murchar“.

Amuletos

Como já mostrado aqui no blog os amuletos são apotropaicos, ou seja, sua principal função é proteger seu usuário de algum tipo de energia nociva ou maliciosa. Clica nesta postagem para ter acesso à postagem completa e se inspirar a fazer seus próprios amuletos.

Atamento

O atamento é um encantamento, ou técnica mágica, que consiste em enlaçar algum tipo de energia ou comportamento em sua origem ou em uma âncora física, impedindo que sua ação possa ser nociva a outrem. É feito com algum tipo de fio, devidamente consagrado, que possa amarrar e conter esta energia em uma representação do alvo. Enquanto enrola o fio, barbante, ou fita em um simulacro do alvo, você pode dizer algo como “eu enlaço o potencial de causar dano em você, para que não fira a outras pessoas ou a si mesme“. Pode funcionar para aprisionar espíritos nocivos em âncoras físicas, também, de modo que fiquem presos enquanto o barbante estiver envolvendo a estrutura.

Banhos Mágicos

Muito importante estar com os banhos mágicos em dia, sempre que possível! Aqui no blog já temos um post exclusivo a respeito, então, clique aqui para conferir. Lá na postagem, a recomendação é banhar da cabeça aos pés! Entretanto, muito cuidado com a exposição das mucosas faciais a algumas ervas, o que pode vir a causar algum tipo de irritação, ou até mesmo algo mais grave.

Banimento

Nem preciso dizer que uma das formas mais eficazes de se proteger de algo é mandando pra longe, para um lugar onde sua influência não seja sentida ou não tenha força para agir. Clicando aqui você pode ler um conteúdo muito bom sobre banimentos, formas de fazê-lo, e meios de agregar mais energia aos seus. E se por acaso não se sentir segure a fazer, manda um oi pro Bruxo de Lua no WhatsApp, este é um serviço que a gente oferece na nossa loja!

Barreiras / Escudos

Barreiras mágicas, funcionam de forma similar a Círculos Mágicos. Aliás, estes últimos são barreiras, pois delimitam um espaço mágico e impedem que energias passem até que sejam desfeitos. Uma barreira se mantém enquanto existir energia para sustentá-la. Você pode criar uma barreira visualizando que um pouco de energia sai de você e te envolve no formato de uma “bolha”, impedindo que energias de fora desta te atinjam. Também é possível criar uma barreira com a energia de outra fonte, como uma vela ou um cristal devidamente carregado, sendo isto determinado por você no período da criação. É normal que você precise reforçá-la ou reativá-la, volta e meia. Para isto, pode utilizar Baterias Energéticas, também.

Carvão

Carvão é um ingrediente muito versátil no que compete a magia, inclusive magia protetiva. Dentre as suas diversas propriedades e usos, os mas comuns são absorver energias nocivas, riscar sigilos e escrever fórmulas mágicas. É dito que fazer uma linha de pó de carvão por toda a extensão das portas e janelas de casa, impede a entrada de má-sorte e doenças, e purifica todas as pessoas que as cruzarem. Também, quando em brasa, pode ser utilizado como defumador, colocando ervas secas diretamente sobre ele. Quando moído, pode se tornar um ingrediente muito importante do Sal Negro, que além de pigmentá-lo o imanta com suas energias mágicas. Uma forma muito eficaz de detecção da energia de um ambiente é colocar um pedaço de carvão em um copo com água e sal grosso. Quando o carvão afundar, ou ficar revestido de sal, é um sinal de que o ambiente precisa de uma limpeza energética.

Círculo Mágico

Muito difundido pela Wicca, um Círculo Mágico é, além de uma barreira de proteção, a delimitação de um espaço sagrado no Entremundos. Um recorte que pertence a vários planos, enquanto traçado neste. Um de seus principais usos é o de proteger quem permanece dentro dele, impedindo a passagem de energias e seres espirituais nocivos através de seu traçado, conforme a vontade de quem o traça. Para mais informações, clique aqui para ler o texto completo de Círculo Mágico aqui no blog.

Cristais

Existe uma enorme quantidade de usos de cristais relacionados a proteções. Mas já adianto, é possível utilizá-los como baterias energéticas para suprir a energia necessária para barreiras mágicas. Inclusive, alguns cristais já possuem energias ligadas à purificação e ao banimento, que são ótimas maneiras de se proteger. Clicando aqui você será direcionade a uma postagem com ótimo conteúdo sobre os cristais e melhores formas de carregar, purificar e utilizar magicamente.

Defumação

Certamente você já deve ter ouvido falar em defumação. É uma prática muito antiga, a de purificar ambientes, objetos, e até mesmo pessoas com o auxílio de fumaça oriunda de ervas ou resinas com propriedades de purificação. Entre as mais conhecidas estão sálvia-branca, mirra, olíbano, palo santo… mas é possível defumar com toda e qualquer erva. Afinal, a fumaça pode ser entendida como uma maneira de expressão da energia do ar, neste caso purificando. Sugestões de materiais mais acessíveis para usar em defumação: cascas de alho, casca de cebola, alecrim, canela em pó, cascas de laranja. É importante que estejam secas o suficiente para fazer fumaça, uma vez que tocadas pelo fogo. Muito cuidado, algumas ervas são tóxicas quando incineradas, na dúvida evite defumar as que não são comestíveis ou apresentem um aroma muito forte. Sobretudo, defume com portas e janelas abertas, sempre de dentro para fora de casa, afinal você ao defumar estará expulsando as energias que não deseja que permaneçam no ambiente.

Espelhos

Impossível falar de proteções mágicas e não mencionar espelhos. Espelhos, como é de se esperar, têm a capacidade de proteger, refletindo energias. Uma das maneiras mais eficazes de proteger utilizando espelhos é fazer uma caixa espelhada do lado de fora, e colocar os nomes ou representações do que se quer proteger dentro desta, de modo que as energias nocivas sejam refletidas pelos espelhos do lado de fora antes de chegarem nos alvos. Outra forma de proteção é consagrar um espelho para refletir todas energias nocivas, e colocá-lo na porta de casa, voltado para a rua. Clicando aqui você lê sobre outros usos mágicos de espelhos na magia.

Espirais

Espirais são muito comumente utilizadas para prender energias nocivas, sugando-as para o seu centro e transmutando-as. Já diz aquela música “[…] espiral, sugue o que há de ruim, leve todo o mal“. Desenhe uma espiral com Sal Grosso ou Sal Negro e coloque um cristal ao centro, para que este absorva as energias de um ambiente. Ou, faça uma espiral com pedras ou cristais. Pendurar uma espiral de prata na entrada da casa, previne que energias nocivas entrem, se alojando nesta. A recomendação da espiral prata é sobretudo pelas capacidades energeticamente autolimpantes deste material mágico.

Garrafa de Bruxa

Uma Garrafa de Bruxa é um item mágico que contém ingredientes poderosos relacionados a proteção. Originalmente sua feitura continha urina, unhas, e/ou cabelo das pessoas a serem protegidas de algum malefício de origem mágica, que acreditava-se ter origem em maus espíritos; além destes, eram muito comuns ingredientes como vinho, vinagre, alecrim, espinhos e agulhas. A Garrafa de Bruxa era utilizada para capturar espíritos nocivos, que se furavam nos espinhos e/ou agulhas, afogavam-se no vinho ou vinagre, e eram então repelidos pelo poder das ervas. Geralmente são enterradas na propriedade onde as pessoas a serem protegidas moram, ou ficam escondidas, longe de vistas mal intencionadas. Uma maneira de fazer uma Garrafa de Bruxa para proteção é despertar e consagrar ingredientes mágicos relacionados a proteção, e colocá-los dentro deste recipiente junto dos nomes (ou material genético) das pessoas a serem protegidas magicamente, selando com uma rolha e vedando com a cera de uma ou mais velas consagradas com este propósito. É possível utilizar areia, água do mar, conchas, ervas como alecrim e arruda, penas, cinzas, objetos perfurantes e cortantes.

Guardiões Espirituais

Existem deuses, entidades, criaturas ou seres que acompanham cada pessoa, de acordo com suas crenças. Estas manifestações espirituais na grande maioria das vezes protegem as pessoas que acompanham, impedindo que perigos maiores lhes atinjam ou que situações complicadas sejam desastrosas e as “tirem de tempo”. Deste modo, é muito importante ter um relacionamento bom com esses guardiões. Acenda uma vela para os seres que te guiam, pedindo que se apresentem. Peça sinais e preste atenção. Converse com eles. Faça oferendas. Trate-os com respeito. Peça proteção, sempre que achar necessário, e dê algo em troca. Pode ofertar luz e água. Quanto mais firme a ligação, mais presentes você os sentirá, e mais firmes serão suas proteções.

Mantras & Palavras de Poder

Mantras são palavras ou frases que ao serem repetidas, reverberam pelo cosmos emitindo ou atraindo a energia na qual vibram. Você pode criar os seus próprios mantras, e inclusive associá-los a ações mágicas. Pode criar um mantra para erguer um escudo mágico, afastar energias nocivas, vibrar positividade… e sempre que precisar, começar a entoá-lo. Obviamente, também pode utilizar mantras já prontos. Mas cada camada de energia que colocar nestes, desde sua feitura, melhora a eficácia em seu uso. Algumas divindades, principalmente relacionadas a certas culturas orientais, possuem mantras de evocação, que podem ser utilizados em trabalhos mágicos com estas divindades ou até mesmo para vibrar sua energia.

Meditação

Meditar pode ser uma maneira de blindar a mente no que cabe a pensamentos que possam trazer vibrações das quais não necessitamos. É possível, inclusive, realizar atos mágicos enquanto medita. Pesquise por meditações guiadas de proteção e una as duas coisas em uma mistura muito eficaz, e necessária. Menciono também que a meditação é uma forma de treinar a mente contra ataques psíquicos.

Símbolos / Sigilos

Muito mais que meros riscos, símbolos carregam energias ancestrais de egrégoras poderosíssimas. O pentagrama é muito utilizado para proteção. Há também a possibilidade de desenhar runas para proteger um ambiente, especialmente Algiz. De modo semelhante, sigilos são ótimas maneiras de realizar magia, inclusive quando relacionados a proteção. Utilizando símbolos e sigilos você consegue erguer barreiras, banir energias, evocar servidores mágicos para sua proteção, entre muitas outras coisas. Quer aprender a fazer um sigilo, ou saber mais sobre seus usos? Clica aqui!

Sinos de Vento

Sinos de vento são ótimas maneiras de proteger ambientes utilizando a energia do som. Quando devidamente consagrados, podem tanto banir quanto purificar, dependendo de seu propósito, protegendo o ambiente de energias nocivas ou impedindo que neste se fixem por muito tempo e cresçam. O som movimenta energia, então, também pode ser uma boa maneira de carregar escudos mágicos, criando uma barreira bastante auspiciosa com limite até onde possam ser ouvidos. Também é possível oferecer o som aos espíritos do vento, como oferenda, e trabalhar com estes a proteção do ambiente.

Sal Grosso

O sal grosso é um dos ingredientes mais utilizados no arsenal de uma pessoa que pratica a magia. Quem nunca fez um banho de purificação utilizando sal grosso? E quem nunca viu em alguma série sobrenatural uma linha ou círculo de sal grosso sendo utilizado como uma barreira contra entidades indesejadas? Estas são algumas das mais conhecidas propriedades do sal grosso: proteção e purificação. Outra função muito conhecida é a de absorver energias – e é por isto que é indicado tomar um banho de ervas depois de um banho de sal, porque este absorve todas as energias, até mesmo as não nocivas. Salpicar sal na água a purifica e abençoa, e esta mistura pode ser utilizada para limpar objetos mágicos, altares, enfim, qualquer coisa. Você pode purificar um objeto colocando-o dentro de um círculo de sal ou imergindo-o no sal puro. Uma das maneiras de exorcizar um ambiente é jogar sal por toda sua extensão, deixá-lo absorver energia, e depois varrer para fora.

Sal Negro

O Sal Negro é um preparado muito utilizado na bruxaria. Especialmente por ser à base de sal grosso. Sua composição não é patenteada. Quero dizer, não existe uma forma única de fazê-lo… Geralmente, os materiais mais utilizados propiciam purificações e banimentos, ou atuam como catalizadores ou intensificadores destes. Dentre alguns materiais muito utilizados na feitura de Sal Negro posso citar carvão, arruda, alecrim, alho, verbena, cinzas de incenso de banimento, sal (obviamente), limalha de ferro, ou raspas do fundo de caldeirão, pó de pirita ou de turmalina-negra, e muito mais. Salpicar em um objeto ou local, para purificá-lo, ou fazer uma camada e deitar o objeto em cima… sempre intencionando a purificação. Pode utilizar na água de limpar a casa, ou até mesmo salpicar discretamente em uma pessoa para baní-la da sua vida.

Velas

Assim como os cristais, as velas são alguns dos materiais mais curingas no arsenal de uma bruxa. Já adianto, velas que não são consagradas não mantém a energia enquanto queimam. Seus usos relacionados a proteção podem ser: emitir luz, afastando a escuridão e trazendo conforto; servir como combustível para barreiras mágicas; funcionar como oferenda para guardiões espirituais; banir, e mais. Quer saber mais sobre velas e usos mágicos? Clica aqui. Assim será direcionade a uma postagem sobre velas com muitas outras informações aqui no blog.

Vestes Mágicas

Geralmente, são utilizadas com o principal objetivo de proteger magicamente quem as utiliza, podendo serem consagradas e encantadas para outras coisas além. Os populares chapeis pontudos tão associados às bruxas, além de funcionarem como “antenas” que amplificavam sua capacidade de captar o espiritual, também possuíam a função de proteger sua cabeça, de forma similar ao capacete do Magneto – eu tinha que mencionar, desculpem. (Risos.) Já adianto, vestes mágicas exigem alguns cuidados mágicos, também. Clicando aqui você terá acesso a uma postagem muito auspiciosa sobre as principais vestes ritualísticas utilizadas na magia, e seus principais usos.

Visualizações

Quando não é possível realizar um trabalho mágico demorado para proteção, nossa melhor aliada é a visualização. Visualizar um escudo mágico ao redor é uma ótima pedida como uma forte forma de proteção. Também é possível plasmar coisas através da visualização: conjurar sigilos no ar, abrir portais e evocar aliados mágicos, banir energias nocivas, conjurar proteções… a criatividade é o que limita um praticante de magia!

Dicas Gerais de Proteção

Levando em consideração todas as formas de se proteger magicamente citadas, acredito que meu objetivo com esta postagem está mais do que cumprido. Ainda além, finalizo esta postagem com algumas demais dicas diversas de proteção.

• Saiba conjurar diversos tipos de proteções mágicas, e não dependa somente de uma delas. Tenha sempre mais de uma proteção ativa. Um bom número é três, menos que isto considere-se vulnerável. Além disso, aprenda a antecipar situações de risco, para evitar sobrecarregar seus escudos, ou até mesmo quebrá-los.

• Sempre faça purificações e banimentos antes e depois de realizar atividades mágicas. Desta forma, você garante que nenhuma energia do ambiente poluirá seu rito, e que qualquer resquício energético após seu fim não fique no ambiente.

• Purifique sua casa e ambientes nos quais passa muito tempo, ao menos uma vez ao mês, e erga os escudos logo em seguida. Pode escolher uma fase da Lua de sua preferência para fazê-lo. Recomendo se programar para purificar na Lua Nova e erguer os escudos na Lua Crescente, dá até mesmo para aproveitar o período de transição entre estas duas fases para realizar as duas coisas.

• Programe cristais para transmutar energia nos ambientes onde isto se faz necessário. Desta forma, mantendo-os limpos energeticamente por mais tempo.

• Jamais evoque energias com as quais você não sabe lidar ou julga estarem muito acima do seu potencial de controle.

Luã Musi

http://www.bruxodelua.com
@bruxodelua

2 comentários sobre “Proteções Mágicas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s